SERVIÇOS

Odontologia Estética e Dentística Restauradora

Uma especialidade que tem como objetivo o estudo e a aplicação de procedimentos educativos, preventivos, operatórios e terapêuticos para preservar e devolver ao dente integridade anátomo-funcional e estética. O clareamento dental, restaurações em resina, facetas em porcelana e laminados cerâmicos, são alguns dos procedimentos mais procurados na área.

Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares

Prótese Dentária

Prótese Dentária é a especialidade que tem como objetivo a reconstrução dos dentes parcialmente destruídos ou a reposição de dentes ausentes visando à manutenção das funções do sistema estomatognático, proporcionando ao paciente a função, a saúde, o conforto e a estética. O seu principal objetivo é a reabilitação oral, em todas as suas funções: estética (beleza), fonética (fala) e mastigação. Restaura e/ou repor de forma indireta (laboratório) os elementos dentais perdidos, por meio de confecção de próteses fixas (coroas em metal e/ou porcelana e pontes) ou próteses removíveis como prótese total (a popular dentadura) ou prótese parcial removível (ponte móvel). Atualmente foram introduzidas na Odontologia próteses modernas produzidas sobre implantes como overdentures, próteses fixas livres de metal (metalfree) e próteses protocolo.

Reabilitação Oral

A reabilitação oral consiste em uma atuação multidisciplinar, pois envolve várias especialidades Odontologia, como exemplo: endodontia (canal), periodontia (gengiva), implantodontia (implantes), prótese dentária, dentística (restaurações), estética, ortodontia, cirurgia, entre outras. A reabilitação oral é um procedimento complexo, por isso se faz necessário planejamento individual de cada paciente, onde poderão ser solicitados diversos exames (radiografias) para poderem ser executados todos os procedimentos necessários para reabilitar a saúde e estética dentária do paciente. Cada caso pede certos tipos de procedimentos e nossos profissionais capacitados saberão suas indicações e como realizá-los de forma consciente e harmônica.

Implantodontia

Recuperação de áreas de dentes ausentes através de um procedimento cirúrgico simples para fixação de implantes dentários (pequenas peças de titânio, material que não sofre rejeição pelo organismo). Esses implantes são como raízes dentárias artificiais, nas quais serão instaladas uma ou mais próteses fixas, resultando em melhoria da função, da estética natural e do convívio social.

Endodontia (Tratamento de canal)

O tratamento de canal é indicado em casos em que a polpa do dente encontra-se lesionada, inflamada, infeccionada ou morta. Nestes casos, o espaço que antes era ocupado pela polpa deverá ser limpo, preparado e preenchido por um material que vede o canal, impedindo a proliferação de micro-organismos e melhorando a resistência daquela raiz.

Periodontia

Responsável pela prevenção e tratamento das doenças que acometem os tecidos de proteção e sustentação dos dentes. As doenças periodontais mais comuns são a Gengivite (inflamação da gengiva) que, se não tratada, progredirá para Periodontite (leva a uma destruição óssea ao redor do dente), que é a principal causa da perda de dentes em adultos.

Cirurgia Oral Menor

É um ramo da Especialidade Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial cujos procedimentos são de pequeno porte, mais simples, que podem ser realizadas no próprio consultório, com anestesia local, como extração de dentes, incluindo o dente siso, pequenas correções ósseas ou em tecido mole. A cirurgia oral menor mais conhecida é a extração do siso, o último dente da arcada dentária que geralmente cresce depois da fase de evolução dentária e acaba por trazer certas complicações para o indivíduo.

Odontopediatria

Especialidade odontológica que cuida da saúde bucal do idoso, contribuindo para um envelhecimento mais saudável e com qualidade de vida, através de procedimentos preventivos e curativos.

Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais

Paciente que exige cuidados odontológicos específicos desde o primeiro contato com o dentista, passando pelo planejamento e execução do tratamento, até o acompanhamento do caso. Exemplos: câncer, diabetes, lúpus, doença de Parkinson, Alzheimer, doenças renais, hepáticas e do coração, transplantados de qualquer órgão ou tecido, usuários de medicamentos, idosos, dentre outros.

Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial

Tratamento do mau hálito (Halitose)

Dispomos em nossa clínica do Halimeter®, um monitor portátil que possui um sensor capaz de medir a concentrarão de CSV (compostos sulfurados voláteis) e, assim auxiliar no diagnóstico e no acompanhamento da terapêutica, até a alta do paciente.

Tratamento das alterações salivares

A saliva é fundamental para a saúde bucal, de modo que alterações em sua quantidade ou em sua qualidade podem explicar vários problemas bucais, como: halitose (mau hálito), restaurações que mancham com frequência, progressão rápida de cáries, sensação alterada de paladar, infecções bucais, dificuldades em usar próteses, desconforto para engolir alimentos secos, engasgos frequentes, sensação de ardência bucal e de boca seca (xerostomia).

Laserterapia aplicada à Odontologia

Utilizado para promover analgesia, reparo e cicatrização, além de reduzir a sensibilidade pós-operatória bem como o tempo clínico do tratamento clareador (associado a LEDs).

Acupuntura aplicada à Odontologia

A Acupuntura consiste na inserção de agulhas finas, em pontos específicos do corpo que se distribuem em linhas chamadas “meridianos”, que são deixadas por um determinado período de tempo e depois removidas, com a finalidade de tratamentos de diversos problemas. É uma técnica milenar que faz parte da Medicina Tradicional Chinesa e hoje já é uma especialidade da Odontologia que vem, cada vez mais, ganhando espaço, como recurso auxiliar ou complementar nos casos de: Gengivite e doença periodontal, Sintomas de Disfunção Temporomandibular (DTM), como dor e trismo (limitação de abertura) Nevralgia, Paralisias faciais, Aftas (úlceras aftosas recorrentes), Líquen plano, Xerostomia (sensação de "boca seca") e a hipossalivação (redução do fluxo salivar), Síndrome da Ardência Bucal, Analgesia pré e pós-procedimentos odontológicos, Ansiedade e fobia ao tratamento odontológico, Pessoas que sentem muitas náuseas, durante procedimentos odontológicos (especialmente moldagem), Pacientes hipertensos (pois auxilia no controle da hipertensão arterial)

Sedação

A sedação é uma ótima escolha para procedimentos demorados, para pacientes que sentem muito desconforto durante o tempo em que estará no consultório - seja por medo ou por ansiedade, para pacientes especiais que não conseguem colaborar enquanto acordados para que o dentista execute a consulta, ou mesmo para aqueles procedimentos com maior dificuldade técnica, permitindo ao cirurgião dentista um melhor campo cirúrgico para trabalhar. Em todas estas indicações, existe um objetivo principal: CONFORTO para o paciente. A sedação é feita e acompanhada pelo médico anestesiologista, que conversará com o dentista e com o paciente sobre a melhor técnica. Em geral, após uma consulta pré-anestésica - em que o anestesista conhece o estado clínico do paciente e esclarece todas as suas dúvidas, é executada a sedação por via endovenosa (acesso venoso periférico), sob monitorização completa, resultando em uma sedação leve (o paciente é capaz de obedecer comandos), mas que garante conforto e analgesia durante o procedimento. Converse com o seu dentista para conhecer mais sobre essa técnica.

Clareamento de dente tratado Endodonticamente

O clareamento vai além de um complemento estético para o sorriso. Ele é aliado na Endodontia, devolvendo a cor natural do dente que pode ter escurecido, por diversas causas, após o tratamento de canal. Alguns dentes podem apresentar escurecimento intercorrente de problemas à polpa dentária. Após solucionado o problema do dente internamente, é aconselhável o clareamento para que o dente volte a se assemelhar aos demais. O clareamento tem como base uma solução em gel e o auxílio de laser. O laser é um método moderno e propicia resultados mais rápidos, podendo perceber, muitas vezes, já na primeira sessão.(Cada caso terá a quantidade de sessões variável)